quarta-feira, dezembro 03, 2008

O Jogo

Eram apenas brinquedos para divertir.
O primeiro quebrado por que alguém assim o quis. O segundo também quebrou, mas foi sem querer, assim como acontece com tantos por aí.
E ninguém parou para pensar que eram apenas brinquedos e que foram usados para jogar com as vidas.
Pra quê isso?
É muita ignorância quando se passa dos dez anos. Ou mesmo quando se passam vinte e três...
É a fome da ignorância!
É só dor de criança.

4 comentários:

Eilor_A_Marigo disse...

Um carrinho branco de brinquedo...
Dois corações partidos,
Bem mais de 10 anos, na verdade exatos 24, e a roda quebrou!

Foi "ignorância porque alguém o quis" ou "sem querer"?

(e imagine se houvesse uma criança inocente, naquele momento, pedindo atenção...)

Eilor Marigo disse...

Reconhece, a passagem?
Na verdade eu escrevi esse texto há muito tempo, depois de uma briga nossa.
Me pareceu forte demais para publicar na époce e, curiosamente, hoje me parece cicatrizado e importante demais para não ser publicado.
Obrigado por termos conseguido chegar ao melhor resultado ANTES dos meus 50 anos!

Abraços

Eilor_A_Marigo disse...

he! he!
O problema é que talvez não dê para eu esperar os seus 50 anos...

Muito bom você ter publicado.

Seria impossível não reconhecer o texto, por muito tempo ele foi a minha imagem. Era só me olhar no espelho que eu via o texto...

Beijos,
Pai.

Eilor Marigo disse...

Ahhh... claro que vai esperar meus 50 anos! Como não?!
Ouvi dizer que vão passar batom em todo mundo no meu aniversário de 50 anos... hahahahahaha!
Beijo pai, assunto encerrado!